Conhecimento

Era para ser só mais uma reunião de oração, uma conversa simples sobre os amigos, os problemas e a fé. Mas, no meio da noite, perguntas sobre a Bíblia, sobre crenças, sobre os homens, sobre teologia e mais outros assuntos foram tomando conta das questões e a vaidade se fez presente sem que as pessoas a notassem. E as palavras delicadas do início do encontro agora eram um pouco mais duras. Até que um deles se revelou. Ergueu-se, bateu no peito e disparou:

 – Eu conheço a Palavra e a conheço bem. Li a Bíblia diversas vezes, fiz estudos sobre essas leituras todas. E posso afirmar o conhecimento da palavra é tudo!

Um outro “orador” não quis ficar calado; colocou-se em pé e respondeu:

– Pois eu conheço a Palavra e também as ideias que a combatem. Conheço sobre as outras religiões, sobre outras crenças e seitas e dogmas. E li a Palavra, li não, leio todo dia, todo dia!

E mais um se levantou.

– Eu conheço os textos sagrados. Eu li sobre tudo, sobre o mundo, sobre o que pensa o homem, sobre o universo e seus mistérios. Li sobre os dogmas das mais diversas confissões cristãs. Li a Encíclica Papal, a Torá e o Alcorão. Sei de cor textos importantíssimos e longos, alguns muito longos. E posso afirmar: a fé não se faz sem o conhecimento e é no conhecimento que a fé se prova.

E, assim como estava, a reunião seguiu. Textos, dogmas e o conhecimento. Às vezes parecia que iria esquentar, mas como eram todos sábios…

Até que notaram seu Adelino, quieto, falando muito pouco, quase sem se notar, e, estranhamente, a atenção foi direcionada a ele.

– E o senhor, seu Adelino, estudou muito? Conhece os mistérios do universo? – Um dos “oradores” disse com um sorriso cheio de si.

Seu Adelino tomou um breve gole de água. Pôs o copo sobe a mesa, pegou a Bíblia surrada, remendada, marcada, colocou-a em seu colo com carinho e disse:

– Meu filho, eu não estudei muito a Bíblia, não. Eu a leio todo dia, mas eu também posso lhe dizer que eu conheço a dor, eu conheço a fome de quando eu era menino, eu conheço a esperança e o desespero. Mas o que eu posso afirmar com mais certeza é de conhecer muito bem o Pai. E Ele me conhece melhor do que eu. E, por esse Pai que eu tenho, eu conheci duas pessoas especiais, que acho que não sabiam tanto assim sobre o mundo nem o universo, mas eles me conheciam bem, conheciam minha fome, minha dor quando perdi meu pai, e minha mãe que não tinha como alimentar seus oito filhos. Padre Leonardo conhecia meus oito irmãos pelo nome, conhecia os vizinhos com histórias parecidas, conhecia todo o sofrimento da pobre comunidade onde eu vivi. Ele conhecia o Pai pelo amor que tinha por mim e pelos necessitados que ajudou lá no sertão. E eu conheço o irmão Carmelo, acho que o irmão Carmelo não conhece tanto sobre o universo, sobre planetas e Homens da história, mas o irmão Carmelo conhece muitos mendigos, muitos viciados, muitas prostitutas e gente que conhece o Pai como os senhores conhecem. E eu espero temer a Deus o suficiente a ponto de conhecer melhor a Dona Cleusa, da minha rua, e seus quatro filhos, e possa conhecer melhor a sua dor e ajudá-la a achar uma clínica, uma cura para aplacar a sua dor.

Depois das palavras de seu Adelino, os ânimos eram outros. Um dos sábios se levantou e disse:

– Seu Adelino, concordo com o senhor, mas os estudos nos guiam na direção da história e na busca de um mundo mais justo. Pois o conhecimento do Amor do Pai vai nos salvar.

– Mas o que ficará no fim de tudo meu filho? Perguntou seu Adelino.

– O Amor irmão, o amor não passará. Ficará o Amor de nosso Deus.

– O conhecimento vai passar. As línguas e profecias também e…

Os outros oradores começaram a colocar pontos de vista e a citar passagens da Bíblia e a erguer o tom de voz.

Seu Adelino Tomou mais um gole de água, descansou a sua velha Bíblia sobre a mesa e ficou ouvindo seus irmãos enquanto eles desfiavam conhecimento.

Rêmulo Vaney Carrozzi

Sobre Remulo vaney Carrozzi

Meu nome é Rêmulo Vaney Carrozzi. Formado em Propaganda e Marketing, em Letras e com Pós Graduação em Literatura na PUC de São Paulo. Professor, quase escritor, leitor de tudo que aparece, cristão por fé e amor, questionador por nascimento (até mesmo dessa fé) e chato de carteirinha. Escrevo porque preciso, porque tem muitas coisas na minha cabeça e elas querem sair. My name is Rêmulo Vaney Carrozzi. Graduated in Advertising and Marketing, in Literature and with a Postgraduate Degree in Literature at PUC in São Paulo. Teacher, almost writer, reader of everything that appears, Christian by faith and love, questioner by birth (even of that faith).
Esta entrada foi publicada em Crônicas com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Conhecimento

  1. Vanessa diz:

    Gostei muito. A gente sempre precisa de conhecimento, mas aliado a experiência de vida de cada um. beijos te amo, continue escrevendo…

  2. paula diz:

    O conhecimento eh fundamental para qualquer area, ainda mais quando se trata de conhecer as Escrituras. Na Biblia esta escrito tudo o que Deus espera de nos como cristaos.
    Porem, esse conhecimento deve se pautar em dois pilares:

    1. Conhecer para abençoar, e nao para humilhar ou fazer valer sua visao. Conquista sem contribuiçao nao tem valor.
    2. Conhecer para chegar ao ponto de falar ” so sei que nada sei” . Informaçoes em excesso trazem soberba, mas o verdadeiro conhecimento traz a humildade de reconhecer que sempre ha muito o que aprender.

  3. Wagner diz:

    Nos dia de hoje, em que vivemos em meio a muitos fariseus e doutores nas escrituras, por assim dizer, devemos ter muito conhecimento. A Bíblia é o manual de vida do Ser humano, se a seguirmos, teremos uma vida plena e bem sucedida em Deus. Fico muito triste ao ver pessoas deturpando as palavras em seu favor, deixando assim o nosso Deus tão Triste. Perecemos por falta de entendimento, falta e amor de tato de empatia que resultam em pessoas ignorantes caminhando com passos largos ao inferno e o pior acreditando que terão uma segunda chance quando a maior chance é estar em Deus. Deus te abençoe e capacite muito meu irmão! No amor de Cristo!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s