Arquivo de etiquetas: conto de amor

Espinhos

Um senhor de pele enrugada e dias fartos caminhava pelo seu simples jardim quando ouviu as lágrimas de uma de suas netinhas. Ela chorava desconsoladamente, escondida atrás de algumas rosas vermelhas. O senhor a pegou no colo e a carregou … Continuar a ler

Publicado em Crônicas | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Osrremos

Remava triste e solitário o meu barquinho. Eu seguia num longo rio. Às vezes, as suas margens eram tão próximas que eu quase ficava encalhado; outras, as margens eram tão distantes que eu podia jurar que remava num oceano. E … Continuar a ler

Publicado em Contos | Etiquetas , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

O Tempo de um Beijo

Quando ele nasceu, o tempo já não era o tempo. O amor era outra coisa e a vida acontecia em segundos. Seus olhos mentiam sempre, mas a voz era doce. Talvez por isso as pessoas ainda acreditavam nele. Mas não … Continuar a ler

Publicado em Todo o resto | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

O Leão e a Mariposa

Encontrou a porta aberta e entrou. Sentou-se no último banco, o primeiro que estava vazio, o mais escondido. Lá ficou por um tempo, um bom tempo. O corpo, que não era dela, nunca foi, doía inteiro. Seu rosto ainda ardia. … Continuar a ler

Publicado em Contos | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

O Baile da Graça

Otávio estava sentado no sofá se lamentando. “Por que, meu Deus, por quê?”. De cabeça baixa, enxugava algumas lágrimas. Estava na casa de uns amigos e a reunião ia começar. O interfone tocou. Era Maria. Cleuza, a dona da casa, … Continuar a ler

Publicado em Crônicas | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário